Pesquisar

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

LANÇAMENTO | Perfume Malbec Magnetic

As duas maiores empresas de perfumaria do país estão sempre lançando produtos novos para agradar o público e angariar mais clientes. Natura e Boticário fazem suas apostas e medem forças para ver quem sai na frente. E hoje quero destacar o último lançamento masculino da marca, o mais novo flanker da linha Malbec, o perfume Magnetic.

Com uma abertura marcante de uvas brancas e um aldeído luminoso, limpo e metálico, o perfume inicia com boa projeção e presença, sendo agradável e harmonioso de se sentir. Tudo muito bem alinhado e bem empregado nos primeiros minutos. Promissor, traz a esperança de que a marca pensou em algo inovador sem deixar de ser comercial.

Na sua evolução, as notas frutadas cedem espaço para seu corpo floral sintético de violetas e flor de laranjeira, o que ainda imita em boa parte o cheiro das uvas, mas em uma medida cautelosa e diferente do que se espera. Faz uma ponte interessante entre o frescor das frutas e o calor das madeiras de base. Ainda tem uma boa silagem até aqui, o que agrada em cheio àqueles que procuram um perfume marcante e duradouro, sem sufocar.

A base do perfume traz aquele quarteto famoso dos perfumes do Boticário, carregados em âmbar, cedro, patchouli e sândalo, sendo esse último com uma maior dosagem que as demais notas, confessando a inspiração principal no carro-chefe da linha, o Malbec tradicional. Até aqui, um desempenho muito bom na pele, exalando firmemente por duas horas, até se apagar completamente da pele após oito horas de aplicação.

Considerações finais: um perfume que iniciou promissor, criando uma expectativa de que entregaria algo fora do comum e que ainda sim seria de bom valor comercial. Entretanto, ficou só na promessa. Ele evolui de uma maneira que suas notas nos fazem lembrar de outros perfumes já lançados pelas marcas do grupo (Boticário e Eudora), como Coffee Man, Carbon Turbo e Carbon Cromo, além do DNA da linha Malbec. O que era pra ser algo diferente, se tornou mais uma opção insossa e repetitiva. É como se dentre um look casual de camisa branca, calça preta, tênis e relógio, trocássemos o relógio por um boné, deixando o restante do look do mesmo jeito. Um perfume agradável, emplacado pra ser um best-seller, elogiados pelas mulheres etc, mas que não passa de um remake barato de fórmulas batidas e sem criatividade, além de custar caro. Não vale a pena e não recomendo. Ao menos, o frasco é bonito.

Forte abraço!