Pesquisar

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Perfumista da Natura dá dicas de como aumentar a durabilidade do perfume

Alguns segredos, como hidratar a pele e passar a fragrância em locais com ausência de calor, podem ajudar na durabilidade da fragrância

Amadeirados, adocicados, cítricos. Cada pessoa tem uma preferência na hora de escolher o perfume, mas, quando se trata da aplicação, uma dúvida comum é sobre a forma ideal de utilizá-lo para que a fragrância dure mais tempo. Para esclarecer tudo, a perfumista exclusiva da Natura, Verônica Kato, explica como funciona a durabilidade dos perfumes e dá dicas de aplicação para que ele dure ainda mais.


A especialista da Casa de Perfumaria do Brasil explica que antes de escolher o produto é bom conhecer a nota olfativa dele, já que tem total ligação com a sua durabilidade. A composição de um perfume é dividida em três partes: notas de saída, de corpo e de fundo. As notas de saídas são as primeiras sentidas e tem uma durabilidade entre 15 e 30 minutos. Normalmente são os aromas mais cítricos e frutados. Depois, entra em ação a nota de corpo, a fragrância predominante do perfume e que dá a personalidade dele - a durabilidade das notas varia entre quatro e seis horas. As notas de fundo, por fim, são caracterizadas pelo cheiro sentido após seis horas da aplicação. Perfumes adocicados e ambarados são acentuados nesta fase e por consequência tem uma maior durabilidade.

Conhecendo a composição, alguns truques podem fazer a diferença para retardar a passagem dessas notas e fazer com que a fragrância fique por mais tempo na pele. De acordo com Verônica, quanto maior a área aplicada, mais acentuado ficará o cheiro do perfume. Além disso, a concentração do produto influencia no tempo de perfumação, sendo os deo parfums mais encorpados e os deo colônias com uma menor durabilidade. "O ideal é aplicar três vezes seguidas no mesmo local quando se trata de uma deo colônia e duas vezes quando for um deo parfum. Para finalizar, dê uma borrifada para cima, entrando debaixo da névoa formada", sugere a perfumista.

Uma curiosidade é que peles oleosas e com boa hidratação têm maior poder de fixação do perfume. Assim como lugares com clima frio e úmido, porque as baixas temperaturas diminuem a evaporação da fragrância. Em locais de climas secos, o ideal é reaplicar o perfume mais vezes ao dia. Outra dica é sempre utilizar o perfume nos locais que têm ausência de calor, como o cabelo e a roupa. "Para aumentar a durabilidade do perfume é importante sempre hidratar a pele com um creme ou hidratante corporal que tenha o mesmo cheiro ou um produto neutro. Eles agem como um filme que ajuda a reter a fragrância e fazer com que ele demore mais tempo para evaporar", comenta Verônica.

OBS: todas as informações acima foram fornecidas pelo departamento de comunicação da Natura.