Pesquisar

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Entrevista com a Symrise - Perfumes e tendências

O outono já está por aí, e junto dele, mudanças no nosso dia a dia. Esse clima 2 em 1 gera mudanças em nosso vestuário, alimentação, e por que não, nos nossos cheiros. Nos dias e noites de calor, temos por hábito usar perfumes mais leves, aromáticos, aquáticos e frutados. Já no outono, a preferência passa a ser por fragrâncias opulentas e mais duradouras. Segundo os perfumistas da Symrise, casa de fragrâncias muito conceituada no mundo, nessa estação predominam notas amadeiradas (sândalo, vetiver e patchouli), de frutas vermelhas (cassis, framboesa), orientais (mais adocicadas) e gourmand (chocolate e caramelo).

Para enriquecer nosso site, fizemos uma entrevista exclusiva com a gerente de marketing da Symrise Brasil,  Camila Casemiro, trazendo à tona assuntos relevantes tanto para a estação do ano, quanto do setor de perfumaria. Desde já, fica aqui o nosso agradecimento à Camila, pelo tempo cedido e pelas valiosas informações.
E aí pessoal, vamos lá? Acompanhe a entrevista a seguir.



Perfumólatras: O Brasil, desde 2010, é o maior mercado consumidor de perfumes do mundo. Como você avalia esse cenário, levando em consideração as oportunidades e ameaças geradas?

Camila: Somos o país que mais consome perfume em volume, e isso se dá muito ao fato de usarmos perfume em abundância (categoria de splashes e águas de banho são muito importantes, principalmente no Nordeste) e por nosso clima mais quente, muitos banhos e muitas reaplicações do perfume ao longo do dia.
O consumidor brasileiro é apaixonado por perfume, e está aprendendo cada vez a entender a categoria. Mas ainda somos um país “jovem” na criação de perfumes, quando nos comparamos com a França, por exemplo. Existe ainda uma dificuldade de entender famílias olfativas, saber descrever um perfume e diferenciar um do outro. Enfim, o cenário é positivo, temos muito a crescer ainda.
                                                                                                                                                                   
Perfumólatras: Os perfumes são desenvolvidos criteriosamente para cada estação do ano?

Camila: Os perfumes internacionais, muitas vezes, são direcionados para estações do ano. No Brasil, esta tendência está chegando aos poucos. Algumas marcas já investem em lançamentos focados para o verão, com fragrâncias mais leves e cheias de frescor. Contanto, fragrâncias direcionadas para o inverno por aqui, são lançadas com foco mais na categoria de cuidados corporal, pensando em hidratação e não muito em perfumação. 

Perfumólatras: Qual é a maior demanda dos clientes nessa estação (outono)?

Camila: Outono é uma estação de transição. O dia começa frio, esquenta e depois esfria. Não existem regras, mas perfumes mais aconchegantes, um pouco mais quentes são recomendados. Podemos citar os Florais Amadeirados, Gourmands, Especiados e Musky que são mais poderosos, cheios de personalidade e ao mesmo tempo, trazem uma assinatura interessante. Florientais e Orientais também são mais quentes, e combinam com a estação.

Perfumólatras: Ciente de que a perfumaria comercial é ligada diretamente à moda, como a Symrise lida com essas tendências?

Camila: A moda inspira muito a perfumaria e muitas marcas de perfumes famosos, nasceram de grandes maisons de moda. Como Chanel, Dior e mais recentemente, Carolina Herrera, por exemplo. A perfumaria se inspira muito em tendências de moda e movimentos urbanos e humanos para criar os perfumes do futuro.

Perfumólatras: Por que tantos perfumes são reformulados e/ou descontinuados?

Camila: Perfumes antigos são reformulados para seguir as leis regulatórias que são constantemente revisadas, para evitar o uso de matérias primas e ingredientes banidos na perfumaria e eventual problema para o consumidor.
Há um movimento da perfumaria de LIMITED EDITION/EDIÇÕES LIMITADAS/EDIÇÕES ESPECIAIS que são apostas das marcas em lançar perfumes que durem um período determinado de tempo apenas. Assim, fazem o lançamento já sabendo que vão descontinuar o produto em x meses. Isso é estratégia de marketing na categoria de perfumaria e cada marca tem a sua. Eventualmente, o perfume é um sucesso, e a marca traz de volta para o consumidor.




Colaboração:
CAMILA CASEMIRO
Gerente de Marketing Senior de Perfumaria Fina da Casa de Fragrâncias Symrise.

ADRIANO GUIMARÃES
CEO do Perfumólatras.

Gostou do nosso artigo? Então curta e compartilhe com seus amigos.
Em caso de dúvidas, deixe-nos uma mensagem através do Fale Conosco.

Forte abraço.