Parceria Época Cosméticos, 18% de desconto em todos os perfumes

Pesquisar

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

TOP 10 melhores perfumes para o Natal 2014

top 10 perfumes para o natal 2014 masculinos femininos
Enfim, eis que vem chegando uma das datas mais queridas do ano (se não for a mais). Natal é bom, é tempo de confraternizar, reunir a família, ver aqueles parentes que desde o ano passado não trocaram nem um telefonema com você, rsrs. Mas é Natal! Vamos festejar, e fazer valer o real sentido dessa data. 2014 não foi um ano de coisas boas pra muita gente, mas pelo menos na perfumaria, tivemos bons lançamentos e ótimas surpresas. Por sorte nossa, apesar de estarmos em fim de primavera e início de verão (implica-se dias e noites tórridos), as chuvas constantes de dezembro amenizam o clima para a noite e a restrição de perfumes deixa de ser tão rígida. Vamos fazer então um TOP 10 masculino e outro feminino para filtrar o que temos de melhor e mais recente para usar nesse Natal?

TOP 10 MASCULINOS (não há ordem classificatória):

  • Valentino Uomo (Valentino): uma alternativa mais em conta do primeiro Dior Homme de 2005. Quase um irmão gêmeo. Não inova mas, pra quem não conhece o aroma, vai ficar encantado com tamanho requinte.
  • Bleu Eau de Parfum (Chanel): mais oriental do que o seu antecessor, é um baita perfume também. Tem o mesmo DNA, só que mais adocicado, esfumaçado e quente. É como se mergulhasse o aroma antigo em um balde cheio de incenso. Ainda prefiro o anterior, é mais fácil de usar.
  • Fahrenheit Le Parfum (Dior): um pouco diferente do que estamos acostumados no que se refere a Fahrenheit, mas merece um destaque especial. Baita perfume, até pra quem não gosta do tradicional. Merece ser ao menos testado.
  • Armani Code Ice (Giorgio Armani): conseguiram justamente tornar "gelado" um perfume naturalmente quente. Mantém-se a base, o mesmo cheiro, e transforma o quente em frio. Incrível.
  • Boss Unlimited (Hugo Boss): perfume fácil de agradar, tal como um coquetel de frutas. Nada de inovador, mas é muito bom. Para os apreciadores de blind buy, esse não falha.
  • Bvlgari Man In Black (Bvlgari): a começar pelo frasco que é maravilhoso, foge bastante da primeira versão. O couro é muito evidente, e com a mistura das especiarias que acompanham desde a primeira versão, ficou mais próximo do Spicebomb do que o DNA próprio da Bvlgari. Gostei muito.
  • Dior Homme Parfum (Dior): simplificaram as notas mais marcantes do tradicional e fizeram uma versão super intensa dele. Fantástico.
  • D&G Pour Homme Intenso (Dolce & Gabbana): é ótimo, ótimo de verdade. Mas não fez tanto jus à alcunha de Intenso. Opinião minha. Sai o "cheiro de piscina" e entra um tabaco mais seco do que antes. Intensificaram mais o aroma de tabaco, basicamente isso. Tobacco lovers irão adorar.
  • Allure Edition Blanche Eau de Parfum (Chanel): uma surpresa para aqueles que acham que o anterior fixa pouco. É mais gourmand e menos cítrico, por isso, mais intenso. Amantes de baunilha irão adorar.
  • Emblem (Montblanc): a grife tende a lançar perfumes fáceis de agradar, e o Emblem é mais um deles. Parece um pouco com o Legend, mas depois tem um aroma frutal suculento que foge daquele aroma efervescente que o Legend tem. Bem interessante sim. Nada de tão extraordinário, mas agrada com intensa facilidade. Vai bem, obrigado.
TOP 10 FEMININOS (não há ordem classificatória):

  • J'Adore Extrait de Parfum (Dior): concentração máxima de um perfume épico que agrada muito. Duas gotas e pronto. É uma fortuna, mas vale a pena.
  • Miss Dior Blooming Bouquet (Dior): um mix inofensivo e delicioso de peônias e rosas. Fácil de agradar, fácil de acertar.
  • La Petite Robe Noire Couture (Guerlain): uma versão bem atômica se comparada à primeira. O aroma frutal é bem marcante, quase uma bomba de cereja, e pode não agradar a quem não curte perfumes com frutas vermelhas. Se souber usar, é um perfume poderoso com certeza.
  • Viva la Juicy Gold Couture (Juicy Couture): doce feito uma bala de caramelo, uma peça valiosa para as amantes de perfumes bem doces.
  • Endless Euphoria (Calvin Klein): leva o DNA do primeiro Euphoria, com uma violeta bem evidente. Cheiro rico e sofisticado, gostei.
  • La Tentation de Nina (Nina Ricci): difícil não gostar de nenhum perfume da "maçãzinha". Outra delícia, dessa feita mais doce, porém não enjoa. Vale a pena.
  • L'Eau Couture (Elie Saab): o jasmim absoluto ainda está lá, porém mais comedido e aquecido pelas amêndoas. Francis Kurkdjian sabe bem como fazer perfumes, vale e muito a pena.
  • La Vie Est Belle L'Eau (Lancôme): se você acha pesado usar o La Vie tradicional todo dia, esse cai como uma luva. Perfeito. Peça obrigatória pra qualquer colecionadora.
  • Black XS Potion for Her (Paco Rabanne): parece que pegaram o que tem de melhor do Black XS masculino e misturaram com um acorde floral bem marcante. A experiência ficou ótima. O melhor Black XS feminino de todos lançados até hoje, show de bola. 
  • Versace Pour Femme Oud (Versace): riqueza. Rosas, agarwood, açafrão...um DNA totalmente oriental, cheiro de oriente médio, aroma muito rico e demasiadamente exótico. Perfume difícil de agradar, mas fácil de se identificar. Único. Lembra bastante a linha de nicho Amouage.
Agora eu tenho certeza que ficou mais difícil de comprar seu perfume para o Natal, não é mesmo? Infelizmente, desse mal, todo perfumólatra sofre, rsrs. Espero ter ajudado ou criado bastante dúvidas na sua cabeça.

Veja nosso vídeo sobre perfumes ideais do Natal de 2016:



Forte abraço!



Nenhum comentário:

Postar um comentário