Pesquisar

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Perfumaria é coisa séria

Normalmente, temos por hábito gostar de um perfume e, se houver dinheiro em conta, levá-lo pra casa. Só que não levamos em consideração os riscos que isso pode nos causar.
Vamos usar como exemplos algumas marcas mais procuradas da perfumaria hoje no mercado: Carolina Herrera, Dior, Givenchy, Chanel, Calvin Klein e Paco Rabanne. Circulando entre masculinos e femininos, hoje, essas marcas agregam a maior fatia dos perfumes vendidos no Brasil. Podemos citar todas as versões do 212, a linha Allure, a linha Eternity e CK One, a linha Million e Black XS, os clássicos Dior que nunca saem de moda, a vasta variedade de perfumes para todos os gostos da Givenchy, e por aí vai. Todas essas marcas citadas, de fato, movimentam, a meu ver, 60% ou mais de todos os perfumes importados no Brasil, e para comprovar isso, é só tirar alguns minutos do seu dia em qualquer loja de perfumes e outras maiores como a Renner. São grifes que optam por terem perfumes bem comerciais, com forte apelo para a nossa aceitação e pelo nosso reconhecimento onde quer que iremos. Criou-se tipos, estilos de viver.

Todavia, esse vício compulsivo de querermos ter sempre os melhores conosco, nos fazem perder a noção das coisas. Sou totalmente a favor de termos acesso a todo e qualquer perfume que seja fabricado no mundo, experimentar à vontade e tirar conclusões. Conhecimento é algo legal e, todos que tiverem interesse, podem/devem ter. Mas, como todo vício, merece ser observado com cautela. Fiz uma análise de público consumidor nos últimos meses e percebi que o "encanto" de dezenas de pessoas se foi. As causas?? Diversas. Desde o endividamento que é a causa mais óbvia até problemas de relacionamentos interpessoais.

Todo vício custa caro. E para manter um viciado, a verba tem sempre que estar presente na quantidade desejada para sustentá-lo, caso contrário, os conflitos virão. É doloroso e até utópico admitir que passamos dos limites às vezes, mas, a cegueira lógica das coisas nos impede de ver o que é tão óbvio. Vamos aos cálculos:

Supomos que em média, compramos 5 perfumes por mês. Vamos nas lojas, experimentamos o perfume, passamos na pele, ficamos encantados, e levamos pra casa. O preço médio de um frasco maior das marcas citadas é de 300 reais em lojas físicas e sites conhecidos. Por esse cálculo rápido, temos 1.500 reais gastos apenas com perfume. Outra possibilidade real: comprar os mesmos 5 perfumes e pagar cada um de 10x no cartão de crédito. Serão 150 reais arrastados pelos próximos 10 meses, o que gera sensação de leveza financeira e te incentiva a comprar mais um, "já que não vai pesar no meu orçamento mesmo....". E então, a bola de neve, enfim, nasce! Perfume é um bem de consumo depreciável assim como qualquer outro, e deprecia muito mais depois de aberto. Quando chegar aquele momento em que você simplesmente enjoar do cheiro, como irá fazer para se desfazer daquela 'tranqueira' em seu armário??? O que era 300, com duas semanas de uso e com a volumetria mais baixa que o habitual de um frasco novo e lacrado, se for vendido por 150 reais, já é muito lucro. As pessoas dificilmente irão aceitar as condições, a não ser que você abaixe mais ainda o valor ou acabe doando para algum felizardo. Lembrando que fizemos o cálculo apenas de 5 perfumes, e bem sabemos que existem centenas de pessoas no Brasil que gastam bem mais do que isso mensalmente, concordam? Em tempos difíceis como os de hoje, não dá mais para brincarmos de Silvio Santos e jogar dinheiro pro alto, pois sabemos bem o valor que ele tem (e a falta que nos faz de não tê-lo).

Perfumaria é coisa séria, é um hobby CARÍSSIMO. Não dê passos que suas pernas não vão suportar. Caminhe dentro de suas condições e faça da perfumaria um hobby saudável. Sinta o prazer de estar perfumado sem ter o desprazer de se lembrar da fatura do mês seguinte. Se ganha muito bem e quiser investir todo o seu dinheiro em todos os perfumes do planeta Terra, faça isso. Mas, se ganha um salário mais modesto e quiser acompanhar o ritmo de alguém que tenha uma renda de 30-50 mil reais por mês, apague com urgência essa loucura da sua cabeça e repense a sua vida. Não se preocupe em impressionar as pessoas. Esteja bem consigo mesmo.

Um abraço do Perfumista!

2 comentários:

  1. Olá Perfumista, conheci seu canal no YT há pouco e estou impressionado com seu conhecimento e profissionalismo. Te achei um cara sensato e com argumentos cheios de credibilidade, por isso gostaria de (na maior cara de pau) pedir alguma postagem sobre perfumes masculinos cítricos. Faz tempo que eu procuro algum com notas de limão e laranja. Será viagem minha ou existe algum perfume masculino assim? Eu tenho o CK One Summer mas não sinto a fragrancia citrica tao marcante assim... Eu comprei até um da Puma que dizia ter notas de limão, mas não fiquei muito satisfeito... Me dê uma ajuda nessa busca por uma fragrancia assim, vai ABÇ!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Perfumes cítricos frutados geralmente são masculinos ou unissex. Grande fatia do mercado é voltada para esse público. Indico pra você o Versace Man Eau Fraiche, Allure Homme Sport Cologne, Dior Homme Sport versão antiga (de 2008), e Burberry Sport for Men. Veja se algum deles vai de encontro com o que procura, e depois retorne a mensagem. Um abraço!

      Excluir