Pesquisar

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Nacionais X Importados: Uma guerra sem fim

Muitas pessoas já me pararam para perguntar acerca de várias coisas direcionadas a perfumaria, de uma forma geral. Umas sobre tipos de perfume, outras sobre fixador...mas se existe um assunto que causa muita polêmica e iremos tratar dele aqui hoje, é a queda-de-braço entre perfumes nacionais e perfumes importados. Mas por que esse tratamento? Simplesmente porque uns insistem em dizer que os importados são infinitamente melhores do que os nacionais, e outros em que não precisam gastar rios de dinheiro com produtos do exterior, sendo que por aqui temos muitas (ou melhores) opções de qualidade. E aí começa a batalha!

Algumas das perguntas/dúvidas mais comuns dentro deste debate são: Os nacionais são sempre cópia dos importados? Por que tem importado que não fixa nada e nacional que fixa muito? Por que tem importados mais baratos que nacionais? Por que eu compraria o Chanel nº 5 que é fedido, se posso usar Floratta in Blue que é muito mais agradável?
Vale destacar aqui que eu não uso perfumes nacionais. Já tive, já usei muito quando adolescente, mas não uso mais. O motivo? Fiquei fascinado pelos importados, que conheço desde pequeno, mas não tinha como comprar. Já os nacionais sempre experimentei, ganhei e cheguei a comprar quando comecei a trabalhar. Depois de adulto, tive o horizonte aberto para novas pesquisas e descobertas no ramo, e por isso estamos aqui (uma salva de palmas para mim...clap clap clap, que irônico)! Justificando minha preferência pelos importados: Eles são mais exclusivos aqui no Brasil, pois gosto das marcas menos famosas e dos perfumes que mais fixam na pele. Logo, se eu usar um que eu julgar estar abafando aqui, ao viajar para o exterior, vou encontrar muita gente usando. Por conta disso, vamos deixar bem claro algumas coisas, desmistificando os mistérios e apaziguando a guerra:
  • Importados não são melhores do que os nacionais. Cada um tem uma realidade financeira, um nariz, um tipo de pele e um estilo de vida. Logo, taxar que só os fabricados no velho continente prestam, é algo sem fundamento nenhum. A maioria das grandes grifes são de lá, claro...mas aqui no Brasil tem bons produtos, e o que é bom tem que ser exaltado sempre. Já tive uma grande paixão no passado, que usava Due da Natura e eu achava o máximo, combinava 100% com o estilo de vida e a pele da pessoa. Da mesma forma, vejo muito menino que quer impressionar alguém e usa Safari da Ralph Lauren, no auge de seus 14 aninhos, em plena 8ª série.
  • Nacionais não são melhores do que os importados. Adotando a mesma resposta anterior, vejo que da mesma forma como uma pessoa pode ter o direito de achar o Kaiak o melhor perfume do mundo, outra pode gostar do Azzaro, ou do Opium, ou de qualquer outro. Estilo, pele, gosto, nariz, condições financeiras, sensibilidade a determinados elementos, cada um tem um. Da mesma forma como eu vejo pessoas ganhando um salário mínimo comprando Annick Goutal, eu vejo donos de grandes corporações usando Hoje da Natura.
  • Muitas marcas nacionais realmente imitam as fragrâncias estrangeiras, mas outras preferem ter mais exclusividade. Casos como o Crazy da Boticário ser igual ao Dune da Dior, SuperStilo da Natura ser igual ao Amor Amor da Cacharel, H2O da L'acqua di Fiori ser igual ao CK One, não ofuscam tradicionalíssimos produtos de suas grifes, que são únicos e de identidade própria. Leia-se Kaiak e Sr.N de Natura, Malbec da Boticário, dentre outros já famosos fabricados em solo canarinho e vendidos em vários países do mundo.
  • Deo-colônias fixam menos tempo, mas alguns compostos tem maior longevidade em determinados tipos de pele. Notas orientais (quentes, caneladas e adocicadas) e amadeiradas enriquecem a fragrância e dão a elas uma fixação maior, em sua grande maioria pessoas de pele morena ou oleosa.
Finalizando a postagem por aqui, minha dica para vocês, leitores: Nunca façam escarcéu por causa de perfume. Cada um tem um gosto, e devemos respeitar até mesmo aqueles que gostam de usar Seiva de Alfazema. O Brasil é um país tropical, quente, e as colônias são mais indicadas para serem usadas em nosso clima. Logo, os EDT's são uma concentração de essência um pouco maior do que as colônias, mas se a pele da pessoa não for boa para fixar perfumes, de nada adiantaria. Vamos todos passar perfume e ser feliz.

Acham que faltou alguma coisa? Opinem!

Um abraço,


O Perfumista.

11 comentários:

  1. Adriano.. Aproveitando... Tem muitos sites por ae que vendem perfumes... Vc bem que poderia indicar alguns desses né?? ALém dos tradicionais, tipo Sacks, tem outros que as vezes tem até preço em contamas fica dificil de confiar.

    ResponderExcluir
  2. Eu tinha uma listagem de propagandas sobre perfumes e sites de venda em geral. Mas o Google tirou por conta de seus critérios e eu não tenho mais. Mas pode ter certeza de que vou conseguir umas novidades

    ResponderExcluir
  3. Olá Adriano gostaria de saber se você pode dizer se os baratos vendidos em lojas do ramo de importados são bonse tem fixação boa? Baratos do tipo R$35,00 - R$50,00. E se você conhece algum bom por favor indique, que nem sempre a situação financeira está boa.
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  4. Alguns são bons, outros nem tanto. Mesma coisa vale para seus fixadores. As marcas que mais gosto e indico são: Ulric de Varens, Via Paris e Antonio Banderas. Como você não se identificou, Anônimo, não tem como eu indicar algum perfume para você, até porque já deixei bem claro que não tem como eu fazer isso, senão vira bagunça e eu perco o controle de respostas. Abraço

    ResponderExcluir
  5. Caro, Adriano .
    Primeiramente parabens ae pelo Blog , seus textos são otimos .
    Eu tenho 18 anos, mineiro . começei a minha paixao por perfumes a pouco tempo, agora que começei a trabalhar to podendo comprar meus proprios perfumes. eu só tive o tradicional MALBEC, e agr o PORTINARI . o MALBEC em si é muito comum, o portinari eu ja gostei . tava procurando um perfume importado . li varios pots e materias . dentre eles interessei pelo
    Ferrari Black, Polo Black , Polo Green, Azzaro Pour Homme. queria uma opiniao sua, ou uma indicação ae . Ficaria muito grato. quero comprar um perfume diferente logo que esses nacionais, ja estao ficando muito comum . ;s abraços e continua ae . *-*

    Marlon B.

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito do seu texto, achei interessante todas as frases que postou.
    Sou apaixonada por perfumes, já usei de tudo um pouco. Minha primeira paixão foi pelo Tathy do Boticario, usei por vários anos....Ultimamente estou usando Myriad, Egeo Dolce ambos do Boticario, Humor 5 da Natura, e Spirit Vip do Antonio Banderas... como vc pode perceber, sou da família dos perfumes adocicados, rsrs...
    Gosto tanto de cheiros bons que resolvi investir na venda de perfumes de marcas como, Adidas, Ulric de Varens, Paris Elysees, e Antonio Banderas, etc....
    Espero me dar bem.

    ResponderExcluir
  7. Olá, párabéns pelo blog.
    Bem,sou aqueles fanáticos por perfume.... as meninas sempre elogiam..hehe.

    No dia a dia gosto de usar o Malberc - Boticário ou o Blue Sky - New Brand(Inspirado no Algel Men de Thierry Mugler).

    Para saidas casuais uso o Black Xs- Paco Rabanne ou o 212 Sexy Men - Carolina Herrera.
    Para saídas especiais uso o Very Irresestible men - Givenchy
    E para Casos muito, mas muito, muito, muito especiais, uso o 1 Million - Paco Rabanne.

    O unico q não fixa direiro em mim é o Black Xs, a fragrancia é divina, mas sei lá, axo q ele não se adaptou a minha pele. Agora, os outros fixam demais.... muito bons.

    ResponderExcluir
  8. É isso aí Adriano, não tem que discutir o que é melhor, compre aquilo que agrada ao seu nariz e que combine com sua personalidade, perfume é uma coisa pessoal, ja tive varios nacionais e hoje possuo em torno de 30 importados, ao meu ver as fragrancias nacionais são mais voltadas para o calor, com um fundo amadeirado parecido na maioria dos casos, e as importadas são elaboradas para os mais diversos climas, portanto ha uma maior diversidade de fragrâncias nos perfumes importados, por isso prefiro eles hoje em dia, valeu Blog nota dez

    ResponderExcluir
  9. gente ja tive varios nacionais de boa qualidade,o problema na minha opniao e o seguinte!perfume nacional quando e bom vira modinha demais td mundo usa o mesmo,eu prefiro ser diferente ter um cheiro exclusivo q ninguem ou poucos conheçem ai sim! vai uma dica de importados maravilhosos:vcs nao vao errar:narciso rodriguez,encre noire da lalique,terre dermes,he wood rock montain,antidote de victor e rolf,santos cartier.gente,vale cada centavo gasto so quem conheçe sabe o q eu estou falando,e outra tem sites seguros e pela metade do preçe vendido aqui no brasil!e so procurar!!!

    ResponderExcluir
  10. olá, meu nome é Patricia, estou com um sério problema, uso desde q lançaram o perfume Tarsila do Bticário, ele saiu de linha, e estou tão acostumada a ele, q só uso ele, detesto perfumes doces, e o único q consigo usar é o tomy girl, mas não se compara a minha paixao pelo Tarsila, como o perfume está acabando gostaria de saber, se tem alguma fragrancia igual, pois sei q alguns são imitações de importados, estou desconsolada msmo, Parabéns pelo blog, aguardo resposta

    ResponderExcluir
  11. Vi você falando da grife Antonio Bandeiras, tem um perfume dela em especial que sou fascinado, porém vejo muitas críticas quanto a sua fixação que é o Spirit Masculino. Se você souber, quero que me de uma dica de algum perfume que seja semelhante, ou quem sabe ele é a imitação de algum não muito conhecido. Penso assim pq o golden secret é muito parecido com o One Million, então quem sabe o spirit não seja parecido com algum?

    Obrigado!

    ResponderExcluir