Parceria Época Cosméticos, 18% de desconto em todos os perfumes

Pesquisar

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Azzaro


As invasões francesas e suas colônias inspiraram muitos imigrantes de países pobres da África, que partiram para Paris na esperança de fazer fama e fortuna, levando na bagagem o novo para o velho continente. Essa é a história de muitos, em particular de Loris Azzaro, filho de pais italianos, que nasceu em 9 de fevereiro de 1933, em Túnis, capital da Tunísia. Passou a infância e a adolescência nesse exótico país do norte da África. Já adulto, rumou para a França, com o objetivo de estudar ciências políticas em Toulouse, mas abandonou a vida acadêmica pela moda. Em 1962, inaugurou sua maison no emblemático endereço da capital parisiense que sedia até hoje a loja número 1 da grife (na 65 rue du Faubourg Saint Honoré).

No começo da carreira, ele desenhava acessórios bordados com contas e jóias para sua esposa, até que, em 1968, um vestido com círculos vazados no decote lhe garantiu o reconhecimento do mundo da moda. Batizado de “8”, o estilo de decote usado nesse vestido tornou-se uma das maiores marcas registradas da costura de Azzaro até os dias de hoje. Rapidamente, e por força da ousadia, o estilista conquistou fama, respeito e admiração. O corte ousado, os ornamentos de contas, os vestidos justos e os corpetes drapeados ou plissados tornaram-se genes de seu DNA. O final dos anos 60 pregava uma moda simples e futurista, o que não o impediu de trazer de volta o strass e as lantejoulas, já que a mulher AZZARO era um objeto de sedução e, por isso, tinha de ser glamorosa e sexy.

Loris também seguiu os passos dos costureiros famosos que presenteavam atrizes e celebridades com seus vestidos na esperança de que, assim, pudessem sair do anonimato, ser citado em colunas sociais e, em particular, em publicações que sempre fizeram a cabeça de outras mulheres, como as tradicionais revistas Vogue, Elle e Marie Claire. As origens africanas nunca abandonaram a visão desse estilista, e, ao contrário, era essa capacidade de aliar novos materiais a desenhos exóticos e sensuais, o que, desde o início, permitiu a ele, crescer num disputado mercado francês da indústria da moda. Com esse perfil, agradou em cheio um público que lhe garantiu muito retorno: as estrelas do cinema, mulheres sedentas de glamour e brilho. Ele vestiu belas e famosas mulheres como as divas Brigitte Bardot, Sophia Loren, Raquel Welsh, Claudia Cardinale, Angie Bowie, Isabelle Adjani e, mais recentemente, Nicole Kidman.

Em meados da década de 70, após descobrir o mundo da perfumaria sofisticada, Azzaro passou a criar perfumes famosos pela originalidade de seus frascos, de seus nomes e pela qualidade de suas essências. Após uma vida de trabalho, conquistas e muito glamour, o estilista morreu de câncer, em novembro de 2003, aos 70 anos. Após sua morte, suas criações se valorizaram e tornaram-se tesouros vintage (termo que vem do inglês, usado originalmente na cultura de vinhos para denominar o ano de uma colheita de uvas, mas que em moda define peças antigas e originais, em geral, únicas, e que expressem claramente o estilo de uma época ou de seu estilista).

As novas criações da grife também tem povoado os tapetes vermelhos de eventos famosos, como a noite de entrega do Oscar, desenhados agora pela sucessora de Azzaro, a argentina Vanessa Seward (diretora criativa da grife desde 2004, depois de experiências com Chanel e Yves Saint Laurent). Ela incorporou ao legado de Azzaro a sua visão pessoal, e tem mantido inalterada a visão do estilista, mesclando-a com mais conforto e modernidade de forma que os vestidos possam ser usados tanto durante a noite como durante o dia, sem perder o glamour, reservando-se apenas para as coleções de gala, os brilhos com os quais Azzaro emprestava exótica elegância a corpos femininos. A marca voltou aos holofotes. Prova disso é a inclusão de cenas de um desfile da grife no aclamado filme O diabo Veste Prada.

Apesar do glamour de suas criações, Loris Azzaro nunca integrou o universo da alta costura francesa. A melhor definição para o seu trabalho é prêt-à-porter de luxo. Tanto que, atualmente, as roupas da linha de maior padrão da grife recebem a assinatura de Azzaro Couture. Além dessa série top, o universo AZZARO é composto de prêt-à-porter feminino e masculino (este instituído pelo criador no ano de comemoração de 30 anos da marca, em 1992), moda praia, sapatos, perfumes e acessórios como bijouterias, óculos, relógios e gravatas.

Os perfumes são um capítulo à parte na história de sucesso de Loris Azzaro, que considerava inadmissível criar uma roupa sem o toque final de uma fragrância. Sua obsessão por aromas vinha do mar Mediterrâneo, fonte eterna de sua inspiração, e que banha a sua Tunísia natal. No segmento de perfumaria, obteve consagração mundial. Nos últimos 30 anos, muitos de seus perfumes integram a lista dos dez mais vendidos em várias partes do mundo, a ponto de muitas pessoas, até hoje, ignorarem a sua força como criador de moda, acreditando que Azzaro seja apenas sinônimo de perfume. O grande sucesso deve-se ao Azzaro Pour Homme, lançado em 1978 e que se tornou um ícone da perfumaria mundial, usado tanto por homens quanto mulheres. De 1975 a 2006, foram lançados mais de 20 perfumes, entre eles os campeões de vendas Azzaro pour homme, Chrome (moderno e masculino, é azul com os olhos de Azzaro) e Acteur e os femininos Eau Belle e o novo Pink Tonic (primeiro investimento da marca no público feminino jovem).

A LINHA DO TEMPO

1975

● Lançamento do perfume feminino Couture, primeira fragrância da marca AZZARO. Recentemente o perfume, que se tornou assinatura da grife, foi reinterpretado pela estilista Vanessa Seward.

1978

● Lançamento do perfume masculino Azzaro Pour Homme, que além de se tornar um ícone da grife, foi um dos mais vendidos na história da perfumaria. O perfume, que leva em sua composição 320 ingredientes, entre eles o chá mate e a raríssima lavanda da Hungria, foi inspirado em um homem sedutor, viril e clássico. Suas notas combinam gerânio de Bourbon, âmbar, sândalo, vetiver e musgo de carvalho. O perfume é um sucesso internacional até os dias de hoje. Número três na França, número cinco na Europa, número dez no mundo, número um no Brasil. Um líder indiscutível no território masculino.

1984

● Lançamento do perfume feminino Azzaro 9, uma fragrância doce, elegante e contemporânea.

1989

● Lançamento do perfume Acteur, uma água de colônia masculina com uma mistura exótica de madeiras e especiarias.

1993

● Lançamento do perfume feminino Oh la la, uma fragrância com mistura oriental, preparada com mais de 70% de componentes naturais, um recorde absoluto, uma vez que as essências são tão raras e caras, que a maioria prefere recorrer às substâncias sintéticas, desenvolvidas em laboratório.

1995

● Lançamento do perfume Eau Belle, uma combinação perfeita entre o cítrico e o floral. O resultado é um aroma refrescante e delicioso, perfeito para adolescentes ou para mulheres que se sentem eternamente jovens.

1996

● Lançamento do perfume masculino Chrome, feito com os mais diversos aromas, é indicado para quem procura algo surpreendente.

1999

● Lançamento do perfume feminino Azzura, composto por notas de bergamota, flor de lótus, musk branco e âmbar, criando um aroma indescritível.

2000

● Lançamento da colônia masculina Pure Vetiver, composto por notas de gengibre, grapefruit, vetiver do Haiti e jasmim, resultando em um aroma delicioso e refrescante. Perfeito para homens que gostam de se sentirem cheirosos o dia todo.

2001

● Lançamento da colônia masculina Pure Lavender.

2002

● Lançamento da colônia masculina Pure Cedrat, uma combinação perfeita entre notas de jasmim, cardomomo, gengibre e patchouli. Perfeita para usar diariamente, tanto em encontros profissionais ou passeios.

● Lançamento do perfume feminino Orange Tonic com uma combinação suave e refrescante entre notas de laranja, bergamota, gengibre, limão, jasmim, mandarina, âmbar e cedro. Perfeito para o uso diário, pois possui alto poder de fixação.

2003

● Lançamento do perfume masculino Visit for Men com uma fragrância masculina classificada como sensual. Possui noz-moscada, cardamomo, âmbar e madeiras preciosas.

2004

● Lançamento do perfume masculino Onyx, composto por notas de bergamota, anis, limão, cardomomo, vetiver, musk e patchouli. Perfeito para homens decididos, provocantes e que gostam de deixar seu toque por onde passam.

2005

● Lançamento do perfume feminino Visit for Women, uma distinta fragrância com composição original, um regresso à feminilidade resplandecente e harmoniosa. Elegante, tem uma dimensão “chique” qualitativa no que se refere à eleição das matérias-primas.

● Lançamento do Silver Black, perfume masculino que reinventa a sedução e representa o retorno do “chic”, criando uma sutil combinação de elegância e masculinidade. Para mim, a continuação do até então extinto Onyx.

2006

● Lançamento do perfume feminino Pink Tonic, uma homenagem à juventude e feminilidade. Um frescor vivo e radiante em um frasco moderno e límpido. Composto por notas de rosa, magnólia, baunilha, cedro, framboesa, flor de cedro, entre outros, é ideal para mulheres românticas. Gotas de alegria e espontaneidade definem esse novo universo da marca AZZARO.

● Lançamento do perfume masculino Bright Visit, especialmente desenvolvido para aquele consumidor leal, exigente e conhecedor de fragrâncias. O perfume traz uma nova dimensão luminosa e radiante como a luz do verão. Na nota de saída, carambola, mandarina e toranja são os responsáveis pela luminosidade que a fragrância visa transmitir. A noz-moscada e o cedro do Líbano que compõem a nota de coração são responsáveis pelo frescor da fragrância, perfeita para o verão. Na nota de fundo, âmbar e almíscar criam uma base amadeirada que se fixa na pele sensualmente.

2007

● Lançamento do Chrome Legend, perfume masculino refrescante, feito para conquistar novos horizontes. Com um aroma fresco, frutal e amadeirado, ele reúne notas cítricas, folhas verdes, âmbar e almíscar. Um perfume que evoca os valores de AZZARO, personificando o espírito de conquista do homem arrojado. A versão feminina foi lançada neste mesmo ano.

● Lançamento do perfume Azzaro Now nas versões feminina e masculina, criando uma conexão mágica e imediata entre um homem e uma mulher que compartilham os mesmos códigos. A embalagem conta com um design diferenciado e um forte apelo à sensualidade. Os frascos das duas versões, criados pela designer Emmanuelle Royer, têm formato anatômico e lembram tanto um mouse, como um celular, além de se encaixarem quando colocados um sobre o outro.

● Lançamento do perfume feminino Blue Charm em edição limitada. O perfume possuía uma fragrância floral frutal com notas de bergamota, flores brancas de pêssego, flor de cerejeira, lótus, daphne, lírio, cedro branco, musgo branco e âmbar branca.

2009

● Lançamento do Aqua, perfume masculino refrescante, leve e sedutor. Sua nota de entrada é uma mistura de Bergamota com Grapefruit e Manjericão, que dão frescor ao perfume, o segundo acorde é uma fusão de castanha com madeira de cedro e seu aroma amadeirado é finalizado pelo toque de Vetiver e Âmbar.

● Lançamento dos perfumes Twin Men (contemporâneo, elegante, profundo e intenso. Com notas frescas, frutadas e aromáticas) e Twin Women (suave, que transmite um ar de inocência, feminilidade e ao mesmo tempo, sensualidade).

5 comentários:

  1. Azzaro, é sem dúvida "O Perfume", insubstituível na minha opinião. O cara conseguiu o feito de agradar tanto homens como mulheres no mundo todo

    ResponderExcluir
  2. Entre Polo Black, Azzaro Pour Homme e 212 Men, qual vocês me recomendam? Pra que tipo de situação cada um é mais adequado?

    ResponderExcluir
  3. AZARRO DEVERIA COMERCIALIZAR O ACTEUR NAS LOJAS E SHOPPINGS COMO O POUR HOMME PQ OS BRASILEIROS FICAM SEM OS MELHORES ? VAMOS PERTUBAR O SITE DA
    ARMANI PARA PRODUZIR O ATTITUDE EXTREME NO BRASIL
    PORQUE A CACHAREL DESPREZA O POVO BRASILEIRO COM
    A EXTINÇÃO DO NEMO ? PERFUMOLATRAS VAMOS PEDIR A ESSAS EMPRESAS CARINHO PELO NOSSO POVO QUE É O TERCEIRO MAIOR CONSUMIDOR DO MUNDO E TEM BOM GOSTO .

    ResponderExcluir
  4. Lamento muito a "extinção" o Eau Belle, o perfume que mais gosto, fresco, limpo, tudo a ver com o nosso verão. Uma pena!

    ResponderExcluir
  5. Agora só compro perfumes da UP!, que além de ser igual aos importados, a mesma qualidade e fixaçao, os preços são bem mais em conta apenas R$79,00. Inclusive comprei e gostei do Azzaro da UP! é o mesmo que o da grife que eu usava! Gosto de comprar dessa loja:
    http://www.facebook.com/mhperfumaria?sk=app_206803572685797
    que além de ser fácil de comprar, pois é tudo pelo facebook, ainda permiti parcelar as compras no cartão e o frete é grátis pra qualquer lugar do Brasil!

    ResponderExcluir