Pesquisar

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Antonio Banderas


José Antonio Domínguez Banderas nasceu em Benalmádena, Málaga, Espanha, em 10 de agosto de 1960. O pai era policial e a mãe professora.

Quando pequeno queria ser jogador de futebol e chegou a jogar num time de Málaga, mas aos 14 anos quebrou uma perna e não pode seguir carreira no esporte.

No colégio, dividia seu tempo entre as aulas, o futebol e a arte dramática. Aos 19 anos, com pouquíssimo dinheiro no bolso, foi para Madri decidido a ser ator. E logo estava no teatro e na TV.

Levado pelo ator Imanol Arias, Almodóvar foi assisti-lo no teatro e o convidou para fazer Labirinto de Paixões. Foi o primeiro filme e o primeiro gay na carreira de Banderas. Depois, ele faria homossexuais em A Lei do Desejo e Filadélfia

Famoso pelos filmes de Almodóvar e em alta depois de Ata-me, em 1991, Banderas foi para os EUA participar de Os Reis do Mambo. Aceitou todos os papéis que lhe ofereceram por lá, pois precisava mandar dinheiro para casa.

Um dos galãs da década de 90 em Hollywood, o espanhol virou figurinha fácil nas listas que rondam o mundo do cinema. E, em 1996, figurou na relação das 50 pessoas mais bonitas do mundo, segundo a revista People.

Depois de estourar nas bilheterias com A Máscara do Zorro, ganhou carta branca do estúdio para estrear como diretor. Fez a comédia dramática Loucos do Alabama, estrelada por sua mulher e musa, Melanie Griffith.

Em outubro de 2005, ganhou com uma estrela na Calçada da Fama em Hollywood, poucos dias antes do lançamento de A Lenda do Zorro. "É uma grande honra e um privilégio para mim", disse durante a homenagem, acompanhado da filha e da esposa Melanie.

Por meio de sua fundação Diávolo, Banderas doou uma bela quantia para a construção de uma casa para abrigar atores veteranos na Espanha.

Um dos projetos do ator é levar para as telas a vida de Ayrton Senna e ele já veio ao Brasil conversar com a família do piloto sobre compra de direitos. Mas até agora nada saiu da teoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário